Saída da LG do setor de celulares afeta 400 funcionários em fábrica brasileira

fun

LG anunciou, nesta segunda-feira (5), que vai deixar o mercado de celulares em todo o mundo . No Brasil, a decisão afeta a fábrica da empresa em Taubaté, no interior de São Paulo.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), a fábrica emprega cerca de mil funcionários , sendo 400 deles trabalhadores do setor de celulares.

Na semana passada, com os rumores de que a LG deixaria o mercado de smartphones , os funcionários entraram em greve. A decisão foi tomada na terça-feira (30), mesmo dia em que as negociações entre dirigentes sindicais e LG se iniciaram. Até então, o futuro dos 400 funcionários era incerto.

“Nesta primeira reunião, os representantes da empresa nos mostraram três cenários: a possibilidade de fechamento, reestruturação e venda do setor. Nossas negociações seguem para amparar os trabalhadores em qualquer um desses cenários”, disse Cláudio Batista, presidente do Sindmetau, na ocasião. Neste dia, a LG ficou de apresentar aos funcionários uma proposta até esta sexta-feira (9).

Mesmo diante do anúncio oficial de fechamento da divisão de celulares , o futuro dos 400 funcionários ainda segue incerto. De acordo com o G1, o Sindmetau disse que a LG ainda não informou aos funcionários sobre o impacto da decisão. O sindicato afirmou, ainda, que tem reunião marcada com a direção da empresa nesta terça-feira (6).

Procurada, a LG ainda não se pronunciou sobre o assunto até a publicação desta matéria.

Fonte: IG

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

LS YOU EYEWEAR MELODIA LS05002
TRATAMENTO BONACURE - BRILLIANCE BRILLIANCE MASCARA TRAT COARSE 500ML COSMÉTICOS
VENDO RESIDENCIA DE ALTO PADRÃO, EM JI-PARANÁ-RO