No data was found
No data was found

Projeto Bom de Bola, Melhor na Escola é lançado em parceria com a Semes

thumbnail_BOM DE BOLA (3)

Serão atendidos cerca de 300 crianças e adolescentes de diversos bairros

Atendendo crianças e adolescentes de 2 a 18 anos, foi lançado, na terça-feira (14), o projeto esportivo, social e de inclusão “Bom de Bola, Melhor na Escola”, coordenado pelo desportista Cléberson Jair Patrício de Oliveira, o Biro-Biro. Cerca de 300 crianças, de diversos bairros da cidade serão atendidos.

A solenidade de apresentação aconteceu nas dependências do ginásio Gerivaldão, com presença do presidente da AABB Ji-Paraná Walace Matarolli, da secretária de Esportes, Sônia Reigota, presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná, Welinton “Negão” Fonseca, apoiadores e criança (alunos) do projeto Bom de Bola, Melhor na Escola.

A iniciativa vai oferecer modalidades de futebol de campo e futsal e será realizado em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Esportes (Semes), Associação Atlética Banco do Brasil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Associação dos Servidores Públicos Municipais (ASSM), entre outros.

A secretária da Semes, professora Sônia Reigota, elogiou o trabalho que oferece oportunidade de aprendizado a crianças, principalmente nos bairros e comunidades menos assistidas. “É importante essa parceria de incentivo à iniciação esportiva. A Semes vai estar sempre de forma progressiva, apoiando estes projetos”, admitiu.

Na solenidade, também foi feita entrega simbólica de materiais como redes, bolas, cones e troféus, doados pelo vereador Welinton Negão e Semes. O projeto Bom de Bola, Melhor na Escola deverá receber novos materiais esportivos e uniformes. Eles serão doados por entidades e empresas parceiras.

O objetivo do projeto é proporcionar, pelo esporte, a formação de caráter do cidadão. É exigido que crianças e adolescentes estejam regularmente matriculados em escolas. “Em caso de ausência na sala de aulas, ou queda nas notas escolares, ele será suspenso dos treinamentos, até que se recupere”, frisou Biro-Biro.

Segundo ele, a princípio, o projeto funcionará com atendimentos na quadra do ginásio Gerivaldão, bairro São Francisco, Escola Estadual Marechal Rondon, quadra da Escola Municipal Jamil Vilas Boas, CRAS Roda Moinho e campo da Associação dos Servidores Municipais. “Já temos solicitação para atender outros locais, como bairros Primavera, Habitar Brasil, Novo Ji-Paraná, Distrito de Nova Londrina e Setor Riachuelo”, confirmou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

No data was found