Documentos de veículos não serão mais impressos em papel moeda; Detran adota sistema digital

doccc

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia esclarece sobre a Resolução n. 809, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que foi publicada no Diário Oficial da União no dia 24 de dezembro de 2020 e entrou em vigor no dia 4 de janeiro de 2021, que dispõe sobre os requisitos para emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV), do Certificado de Licenciamento Anual (CLA) e do comprovante de transferência de propriedade por meio digital.

O diretor-geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, explica que a referida Resolução unifica todas as informações sobre veículos em um único documento e determina a extinção do Certificado de Registro de Veículo (CRV) impresso em papel-moeda. O documento que certifica a propriedade do veículo também passou a ser digital e integrado ao documento de licenciamento anual, que passou a ser o CRLV-e.

“Os dados sobre a propriedade e licenciamento do veículo ficarão inseridos no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo por meio digital”, afirmou o diretor-geral do Detran Rondônia.

O Registro de Transferência foi desvinculado do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e passou a ser chamado de Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo (ATPV-e). A medida está valendo para veículos registrados a partir do dia 4 de janeiro de 2021. Os documentos expedidos anteriormente à publicação da Resolução n. 809 continuam valendo.

Neil Gonzaga orienta a população que basta entrar na página do Detran Rondônia na internet, no endereço: https://centralservicos.detran.ro.gov.br/ e fazer o cadastro, que é bem simples, para ter acesso ao sistema que permite aos proprietários de veículos automotores acessarem as informações sobre o seu veículo e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), inclusive permitindo baixar e imprimir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV-e).

O layout do documento eletrônico (CRLV-e) permite a impressão caseira em papel sulfite A4 e tem validade jurídica para rodar com o veículo, tendo em vista que a impressão terá QR Code de segurança, válido para fiscalização, assim como o CRLV Digital, baixado no celular. O CRLV-e estará disponível em formato digital, após a quitação de todos os débitos.

Os proprietários de veículos que já possuem o Documento de Transferência (CRV) em papel-moeda, ou seja, para os veículos registrados antes de 2021, quando for vender o veículo, segue o mesmo procedimento atual. Preencher o verso do documento com os dados do comprador, reconhecer firma no cartório e, por fim, o comprador vai a uma unidade do Detran para efetivar a transferência.

Para os veículos registrados a partir do dia 4 de janeiro de 2021, o procedimento segue o que determina a Resolução n. 809 do Contran. O Detran vai expedir somente o recibo em formato digital ATPV-e. O recibo, que antes vinha em branco, no verso do CRV, a partir de agora será expedido somente quando o proprietário for vender o veículo, para isso o proprietário deve solicitar junto ao Detran, de forma presencial, a expedição do documento de transferência (ATPV-e), informando os dados do comprador. O Detran irá disponibilizar a ATPV-e preenchida com os dados do comprador e vendedor, que devem fazer o reconhecimento de firma em cartório e efetivação da transferência no Detran.

Fonte: Assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

LS YOU EYEWEAR MELODIA LS05002
TRATAMENTO BONACURE - BRILLIANCE BRILLIANCE MASCARA TRAT COARSE 500ML COSMÉTICOS
VENDO RESIDENCIA DE ALTO PADRÃO, EM JI-PARANÁ-RO