Comerciante de Cerejeiras é a 9ª pessoa da mesma família a morrer lutando contra a Covid-19; óbito aconteceu hoje em Vilhena

6e8e47dd2f394069afc1f6405459c59e

Gilcely Firmino Soares tinha 56 anos e foi internada ontem no HR

Parece não ter fim o drama da família Firmino durante a pandemia de Covid-19: na semana passada,  mãe e filha vitimadas pela mesma doença, com apenas um dia de diferença, foram sepultadas juntas em Vilhena. Um sobrinho resumiu a situação, após a oitava pessoa da família falecer por complicações do novo Coronavírus: “um pesadelo” (CONFIRA AQUI).
Na tarde desta segunda-feira, 05, outra integrante da família veio a óbito: trata-se da comerciante Gilcely Firmino Soares. Ela tinha 56 anos e começou a sentir os sintomas da doença em casa, em Cerejeiras. Na sexta-feira, 02, o marido, ex-servidor municipal na cidade vizinha, Moisés Soares, a trouxe para Vilhena.

Ontem, a situação de “Dona Fia”, como era conhecida, se agravou e ela foi internada no Hospital Regional de Vilhena, vindo a falecer hoje, por volta das 13:40h. A cerejeirense será sepultada amanhã, em Vilhena, junto com a mãe e as irmãs.

Pioneira que chegou com a família em Colorado do Oeste no ano de 1976, Gilcely mudou-se para Cerejeiras quando o município ainda era distrito, em 1980. Lá ela era sócia do marido num café/lanchonete na cidade vizinha.

Por telefone, bastante abalado, Moisés, que trabalhou na prefeitura por 12 anos, contou que um genro e a filha dele também apresentam sintomas da doença, mas estão se tratando em casa, na cidade de Cerejeiras.

Gilcely deixa, além do marido e de um casal de filhos, três netos.

Fonte: Folha do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

LS YOU EYEWEAR MELODIA LS05002
TRATAMENTO BONACURE - BRILLIANCE BRILLIANCE MASCARA TRAT COARSE 500ML COSMÉTICOS
VENDO RESIDENCIA DE ALTO PADRÃO, EM JI-PARANÁ-RO