Com cemitério cheio, Ji-Paraná está sepultando em covas abandonadas

images (34)

Pela primeira vez na história do maior cemitério do interior do Estado, o da Saudade, localizado nos altos do bairro de Nova Brasília, segundo distrito de Ji-Paraná, registrou um recorde, considerado de grande surpresa para a administração do mesmo. A alta foi registrada no mês de janeiro, com mais de 120 procedimentos, sendo que parte desse aumento é direcionado ao grande número de vítimas fatais do novo Coronavírus (Covid-19). O cemitério já não conta com mais área livre, e há anos, reutiliza os túmulos abandonados. A prefeitura confirmou ter conhecimento e já trabalha na aquisição de uma nova área.

A reportagem do Diário da Amazônia esteve no cemitério da Saudade, e ouviu a administradora Maria Aparecida, popularmente conhecida por “Cida”. Ele lembrou que o cemitério foi criado no ano de 1.982 (39 anos), e nos primeiros anos, não acontecia o controle diário de sepultamentos realizados. “Esse controle, só começou com a minha chegada na administração do campo santo”, declarou. “Cida” calcula que já foram realizados mais de 32 mil sepultados, causando a superlotação da área.

Pandemia

Ainda de acordo com a administradora, antes da pandemia do novo Coronavírus, a média mensal de sepultamentos era de 50/60 procedimentos. A partir de março do ano passado, essa média passou de 70/80. “A nossa surpresa foi neste último janeiro, quando o número de procedimentos, passou de 120, número considerado recorde da história do cemitério”, afirmou.

Reutilização

Para não deixar de realizar sepultamentos, a administração do cemitério vem autorizando as funerárias a reutilizar os túmulos antigos e abandonados e sem qualquer benfeitoria pelas famílias de seus entes queridos. Essa situação já estaria acontecendo há mais de cinco anos.

A situação fica menos problemática para as famílias que já tem parente sepultado em gaveta, que pode usá-lo após cinco anos, isso, e o óbito não foi por doença contagiosa e/ou assassinato. “No caso de gavetas, ela pode ser erguida até outras quatro vezes”, esclareceu.

Secretaria de Obras

Ainda na sexta-feira (5), pela manhã, via telefone, a reportagem conseguiu ouvir o novo secretário de Obras, Enivaldo Soares. Ele afirmou ter ciência da situação, e que manteve contato com o prefeito, Isaú Fonseca para, ambos, tentar encontrar uma solução o mais rápido possível. Ainda segundo o secretário, o prefeito já sinalizou sobre a possibilidade de ser adquirida uma nova área. “Acredito que já nos próximos dias poderemos ter novidades”, concluiu.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

LS YOU EYEWEAR MELODIA LS05002
TRATAMENTO BONACURE - BRILLIANCE BRILLIANCE MASCARA TRAT COARSE 500ML COSMÉTICOS