‘China impõe questão comercial e não sanitária ao suspender importações de carne’

images (86)

Ao analisar o embargo da China nas exportações de carne bovina do Brasil, o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, diz que o cenário preocupa, pois os pecuaristas que não trabalham com um mix de produção já estão com a ‘corda no pescoço’, segundo ele.

Ainda na avaliação de Daoud, a manutenção do embargo não tem nada a ver com questão sanitária e sim uma questão comercial.

“A China passou por um processo de peste suína muito grave onde teve que abater até 30% do rebanho de suínos. No entanto, hoje, o país investiu para tecnificar sua produção. Como resultado, o abate de matrizes cresceu, e eles não têm tanta necessidade do nosso produto, pois a carne bovina não é prioridade. Acredito que a China não vai voltar a importar tão cedo a carne bovina, pois o país asiático está passando por um arranjo”, avalia.

 

Fonte: Canal Rural

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

LS YOU EYEWEAR MELODIA LS05002
TRATAMENTO BONACURE - BRILLIANCE BRILLIANCE MASCARA TRAT COARSE 500ML COSMÉTICOS