CASO ALEKSANDRO – Maioria da equipe estava dormindo na hora que o ônibus tombou, diz delegado

eqy92cpvhr2ru0k

De acordo com o delegado responsável pelo caso que envolve o acidente com a dupla Conrado e Aleksandro, Carlos Eduardo Vieira Ceroni, a grande maioria das vítimas estava dormindo no momento em que o ônibus tombou na rodovia Régis Bittencourt, na altura de Miracatu, em São Paulo, por volta das 10h30 do último sábado (7).

Até o momento, o delegado e sua equipe da Polícia Civil já ouviram 13 testemunhas. “Ainda não foi possível falar com Conrado. Quanto ao restante dos passageiros, a grande maioria disse estar dormindo na hora que o ônibus tombou”, afirmou ao R7.

Questionado sobre o vídeo que supostamente mostra o momento do acidente e diz que o motorista dirigia a 130 km/h, o delegado declarou não ter nenhuma novidade sobre a veracidade da gravação. “Estamos aguardando os laudos periciais para dar andamento à investigação.”

Já a assessoria de imprensa da dupla garante que as imagens são de 2019.

Ceroni também espera a recuperação de Conrado, nome artístico de João Vitor Moreira Soares, e de Júlio Cesar Bigoli, membro da equipe da dupla, para coletar os testemunhos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

No data was found