No data was found

Bolsonaro reconhece vitória de Biden mais de um mês após eleição americana

bauiii

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na tarde desta terça-feira (15/12) que reconheceu hoje a vitória de Joe Biden como presidente americano mais de 30 dias após as eleições. Segundo o chefe do Executivo, ele pediu ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que fizesse o comunicado. A declaração ocorreu durante entrevista ao Datena na TV.

“Alguns minutos antes de entrar no ar eu já dei um ‘start’ para o nosso ministro Ernesto Araújo, para ele fazer essa comunicação nossa, nas redes oficiais do governo e, depois, nas minhas redes particulares. Posso te mandar agora aqui, desligando o telefone, qual foi a mensagem que eu mandei para o presidente Biden. Da minha parte, e da parte dele, com toda certeza, o americano é pragmático, nós vamos fazer um trabalho de cada vez mais aproximação”, apontou.

O mandatário ainda comentou sobre a relação com o presidente Trump.

Com o Trump foi excelente. O que o americano tinha do Brasil era sempre uma política um tanto quanto agressiva. Era o tempo todo o pessoal aí, alguns presidentes anteriores, quase todos chamando ele de imperialista colocando nele a culpa de tudo de ruim que acontecia no mundo, e não é assim. Avançamos. Conseguimos alguma coisa com o governo Trump e espero que tudo dê certo com o Biden agora já que os delegados reconheceram lá que ele foi realmente eleito. Não vou discutir mais a questão se houve ou não uma eleição tranquila lá”.

 

Jair M. Bolsonaro
@jairbolsonaro
– Saudações ao Presidente @JoeBiden , com meus melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos”.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

15 de dez de 2020

– Saudações ao Presidente @JoeBiden , com meus melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos”.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro
– Estarei pronto a trabalhar com o novo governo e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos.

presidente também destacou que não tecerá comentários que coloquem em dúvida o resultado das eleições americanas. “Não cabe eu falar absolutamente mais nada, esperei por reconhecimento e nós, aqui, já fizemos o comunicado agora há pouco ao presidente Joe Biden”.

“Melhores votos”

Bolsonaro também se manifestou pelas redes sociais: “Saudações ao Presidente @JoeBiden, com meus melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo ‘a terra dos livres e o lar dos corajosos’. Estarei pronto a trabalhar com o novo governo e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos”, escreveu.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Notícias relacionadas

Produtos

No data was found